sábado, 8 de setembro de 2012

Chomsky e as 10 Estratégias de Manipulação Midiática

O lingüista estadunidense Noam Chomsky elaborou a lista das “10 estratégias de manipulação” através da mídia:


1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO. 

O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distrações e de informações insignificantes. A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética. “Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais (citação do texto 'Armas silenciosas para guerras tranqüilas')”. 


2- CRIAR PROBLEMAS, DEPOIS OFERECER SOLUÇÕES. 

Este método também é chamado “problema-reação-solução”. Cria-se um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público, a fim de que este seja o mandante das medidas que se deseja fazer aceitar. Por exemplo: deixar que se desenvolva ou se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público seja o mandante de leis de segurança e políticas em prejuízo da liberdade. Ou também: criar uma crise econômica para fazer aceitar como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos. 


3- A ESTRATÉGIA DA GRADAÇÃO. 

Para fazer com que se aceite uma medida inaceitável, basta aplicá-la gradativamente, a conta-gotas, por anos consecutivos. É dessa maneira que condições socioeconômicas radicalmente novas (neoliberalismo) foram impostas durante as décadas de 1980 e 1990: Estado mínimo, privatizações, precariedade, flexibilidade, desemprego em massa, salários que já não asseguram ingressos decentes, tantas mudanças que haveriam provocado uma revolução se tivessem sido aplicadas de uma só vez. 


4- A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO. 

Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como sendo “dolorosa e necessária”, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente. Em seguida, porque o público, a massa, tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que “tudo irá melhorar amanhã” e que o sacrifício exigido poderá ser evitado. Isto dá mais tempo ao público para acostumar-se com a idéia de mudança e de aceitá-la com resignação quando chegue o momento. 


5- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO CRIANÇAS DE BAIXA IDADE. 

A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse um menino de baixa idade ou um deficiente mental. Quanto mais se intente buscar enganar ao espectador, mais se tende a adotar um tom infantilizante. Por quê? “Se você se dirige a uma pessoa como se ela tivesse a idade de 12 anos ou menos, então, em razão da sugestão, ela tenderá, com certa probabilidade, a uma resposta ou reação também desprovida de um sentido crítico como a de uma pessoa de 12 anos ou menos de idade (ver “Armas silenciosas para guerras tranquilas”)”. 


6- UTILIZAR O ASPECTO EMOCIONAL MUITO MAIS DO QUE A REFLEXÃO. 

Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e por fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar idéias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos… 


7- MANTER O PÚBLICO NA IGNORÂNCIA E NA MEDIOCRIDADE. 

Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão. “A qualidade da educação dada às classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que paira entre as classes inferiores às classes sociais superiores seja e permaneça impossível para o alcance das classes inferiores (ver ‘Armas silenciosas para guerras tranqüilas’)”. 


8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE. 

Promover ao público a achar que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto… 


9- REFORÇAR A REVOLTA PELA AUTOCULPABILIDADE. 

Fazer o indivíduo acreditar que é somente ele o culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência de sua inteligência, de suas capacidades, ou de seus esforços. Assim, ao invés de rebelar-se contra o sistema econômico, o individuo se auto-desvalida e culpa-se, o que gera um estado depressivo do qual um dos seus efeitos é a inibição da sua ação. E, sem ação, não há revolução! 


10- CONHECER MELHOR OS INDIVÍDUOS DO QUE ELES MESMOS SE CONHECEM. 

No transcorrer dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência têm gerado crescente brecha entre os conhecimentos do público e aquelas possuídas e utilizadas pelas elites dominantes. Graças à biologia, à neurobiologia e à psicologia aplicada, o “sistema” tem desfrutado de um conhecimento avançado do ser humano, tanto de forma física como psicologicamente. O sistema tem conseguido conhecer melhor o indivíduo comum do que ele mesmo conhece a si mesmo. Isto significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os indivíduos do que os indivíduos a si mesmos. 




Fonte: Instituto João Goulart

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Eleições 2012 - Debate RedeTV/Folha - Rio de Janeiro



Quem perdeu o debate ao vivo, pode vê-lo nessa postagem que faço hoje. O ponto alto mais uma vez foi o embate de Marcelo Freixo com o atual Prefeito que mais uma vez fugiu da discussão e não explicou algumas coisas obscuras da atual gestão.

Debate no Rio: Marcelo Freixo se dedicou a falar das milícias

Separo alguns momentos de Freixo no debate.


"O Otávio Leite está com problema de interpretação. Não estamos propondo o aumento do IPTU. Queremos uma revisão de todas as tarifas. Vamos fazer uma reforma tributária na cidade. A questão da moradia diz respeito aos imóveis vazios. O estatuto da cidade prevê a possibilidade de desestimular o imóvel vazio porque ele gera o aumento dos preços e hoje vivemos numa cidade em que se paga muito. O deputado Otávio Leite está com problema de aprendizagem". 


"Eu presidi a CPI mais difícil do Rio de Janeiro, que levou a prisão de uma quadrilha que matou uma juíza e ameaçou a minha vida. O candidato (a vereador do PSOL) não havia nada na ficha criminal dele, logo não havia como descobrir que ele era ligado as milícias. Nós desconfiamos tem duas semanas, investigamos com a secretaria de segurança e hoje confirmamos que provavelmente que ele é ligado ao miliciano que mais ameaçou a minha vida, o Deco, que é da base da atual prefeitura. Procura no ‘Google’ o meu nome junto com milícia e depois procura o do atual prefeito, aí vocês vão ter noção do que eu estou falando". 

Debate no Rio: Eduardo Paes foi pressionado pelos opositores

"Você, em 2009, fez uma reunião com milicianos na prefeitura. Você se reuniu com eles pra decidir quem tomaria conta da licitação das vans, que é a principal renda das milícias"


"Nós faremos uma auditória para ver todos os contratos assinados pela atual prefeitura. Falta transparência no Rio de Janeiro. Vamos cumprir todos os contratos começando pela constituição federal".

"Não vamos parar nenhuma obra das Olimpíadas, apenas vamos ajustar o contrato para que seja feito da forma correta. O erro que foi feito nos Jogos Pan-americanos de 2007 não pode ser cometido em 2016. A cidade não ganhou absolutamente nada no Pan".


Primeiro Bloco:




Link para os demais blocos:

BLOCO 2


BLOCO 3

BLOCO 4

BLOCO 5

Entrevistas Pós-debate

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Razões para não reeleger o Prefeito do Rio



1. Organizações Sociais, maneira mais “sofisticada” para privatizar serviços públicos:
1.1 “Algumas considerações sobre as Organizações Sociais na cidade do Rio de Janeiro”, em:http://observatoriopolitica.blogspot.com/2011/02/algumas-consideracoes-sobre-as.html
1.2 “Gastos excessivos em UPAs” - Relatório do Tribunal de Contas do Município sobre Unidades de Pronto Atendimento municipais administradas por Organizações Sociais revelou gastos excessivos. Disponível em:http://www.paulopinheiro.org/clipping/texto.asp?cod=716
1.3 “Nova terminologia para projeto de terceirização do setor”, em:http://www.paulopinheiro.org/artigo/index.asp?cod=92
1.4 “Modelo de gestão por Organizações Sociais pode ser inconstitucional”, em:http://fopspr.wordpress.com/2010/06/14/modelo-de-gestao-por-organizacoes-sociais-pode-ser-inconstitucional/
O difícil desta questão é ver petistas que criticam as privatizações da era FHC defenderem este modelo de gestão na cidade do Rio de Janeiro.

2. Taxa de Iluminação pública:
2.1 “Cobrança de taxa de iluminação pública entra em vigor nesta sexta (26/02/10)”, em:http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1507118-5606,00-COBRANCA+DE+TAXA+DE+ILUMINACAO+PUBLICA+ENTRA+EM+VIGOR+NESTA+SEXTA.html

2.2 As ligações perigosas entre a CET-Rio, a Light e a prefeitura, disponível em:http://www.jblog.com.br/realidade.php?itemid=18735#nucleus_cf

2.3 Prefeito Eduardo Paes desvia o dinheiro da taxa de luz, em: http://ricardo-gama.blogspot.com/2011/06/prefeito-eduardo-paes-desvia-o-dinheiro.html

2.4 “Taxa de luz do Rio é 10 vezes maior que a de POA e 8 vezes maior que a de SP”, em:http://taxanao.blogspot.com/2010/03/taxa-de-luz-do-rio-e-segunda-mais-cara.html

3. Dispensa de Licitação:
3.1 “Contrato da Linha Amarela é renovado por mais 15 anos”, disponível em:http://www.rocinha.org/noticias/view.asp?id=1862(Estava no site do jornal O Dia, mas o link está quebrado. Será que tem haver com o apoio deste jornal À gestão do Eduardo Paes?).
3.3 “Contratos sem licitação do município com a Delta mais do que dobraram na atual gestão”, em:http://oglobo.globo.com/rio/contratos-sem-licitacao-do-municipio-com-delta-mais-do-que-dobraram-na-atual-gestao-2758180
3.4 “Sem licitação, prefeitura paga R$ 11,4 milhões à empresa ligada a Paulo Melo”, em:http://www.jb.com.br/informe-jb/noticias/2012/01/03/sem-licitacao-prefeitura-paga-r-114-milhoes-a-empresa-ligada-a-paulo-melo/ 


3.5 "Paes oferece isenções e terreno na Ilha do Fundão a empresa", em: http://oglobo.globo.com/rio/paes-oferece-isencoes-terreno-na-ilha-do-fundao-empresa-2897975 

4. Asfalto Liso:
4.1 “Asfalto não tão liso assim”, em:http://www.youtube.com/watch?v=ykRpTTPT8-Q
4.3 “Obstáculos e buracos no caminho do Asfalto Liso”, em:http://odia.ig.com.br/portal/rio/html/2011/11/obstaculos_e_buracos_no_caminho_do_asfalto_liso_208923.html Neste eu dei print da tela, para evitar sumiços.
4.4 “Críticas à Operação Asfalto Liso em Bangu”, disponível em:http://oglobo.globo.com/rio/bairros/posts/2012/01/03/criticas-operacao-asfalto-liso-em-bangu-424474.asp

5. Problemas na Saúde:
5.1 “Combate à dengue - Promessa não cumprida por Eduardo Paes”, em: http://www.youtube.com/watch?v=NwSZ2OtdNjU
5.2 “Prefeitura registra quase 76 mil casos de dengue no Rio de Janeiro em 2011”, em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/12/prefeitura-registra-quase-76-mil-casos-de-dengue-no-rio-de-janeiro-em-2011.html
5.3 “Secretário municipal inaugura obras e é criticado por pacientes no Souza Aguiar”, em:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/02/23/secretario-municipal-inaugura-obras-e-e-criticado-por-pacientes-no-souza-aguiar/
5.4 “Prefeitura do Rio passou dois anos sem investir em saneamento em favelas”, em:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/02/27/prefeitura-do-rio-passou-dois-anos-sem-investir-em-saneamento-em-favelas/
5.5 “Irritado com índice 'mentiroso', Paes chama ministro de incompetente”, em:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/03/01/irritado-com-indice-mentiroso-paes-chama-ministro-de-incompetente/
5.6 “"Rio tem política de saúde genocida", diz presidente do Sindicato dos Médicos”, em:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/02/25/rio-tem-politica-de-saude-genocida-diz-presidente-do-sindicato-dos-medicos/
5.7 “Pacientes denunciam falta de leitos em hospitais públicos no carnaval”, em:http://extra.globo.com/noticias/rio/pacientes-denunciam-falta-de-leitos-em-hospitais-publicos-no-carnaval-4040344.html
5.8 “Empresa de alimentos vai operar carros fumacês”, em:http://oglobo.globo.com/rio/empresa-de-alimentos-vai-operar-carros-fumaces-3774069 


5.9 "TCM acha prejuízo de milhões de reais em contratos na Saúde do Rio", em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/04/tcm-acha-prejuizo-de-milhoes-de-reais-em-contratos-na-saude-do-rio.html 



5.10 "Rio: roubalheira na saúde cruzou fronteiras do estado", em:http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/rio-roubalheira-na-saude-cruzou-fronteiras-do-estado 



5.11 "Faltam médicos nos postos, clínicas e hospitais do Rio de Janeiro", em: http://oglobo.globo.com/pais/faltam-medicos-nos-postos-clinicas-hospitais-do-rio-de-janeiro-4235449 


5.12 "Mortes sob suspeita no Hospital Salgado Filho", em:http://oglobo.globo.com/rio/mortes-sob-suspeita-no-hospital-salgado-filho-4464368


5.13 "Hospital Lourenço Jorge acaba de perder cirurgiões vasculares. Unidade já não tinha especialistas em tórax e cérebro", em:http://extra.globo.com/noticias/rio/hospital-lourenco-jorge-acaba-de-perder-cirurgioes-vasculares-unidade-ja-nao-tinha-especialistas-em-torax-cerebro-4337351.html 



5.14 "Superlotação e desrespeito com pacientes gera caos em hospitais do Rio de Janeiro", em:http://noticias.r7.com/jornal-da-record/videos/edicao/?idmedia=4f4d679ab51a866fcdc63976 


5.15 "TCM fará devassa em contratos de prefeitura com empresas denunciadas", em:http://extra.globo.com/noticias/rio/tcm-fara-devassa-em-contratos-de-prefeitura-com-empresas-denunciadas-4431232.html 


5.16 "TCM vê sinais de fraude em contratos de UPAs", em:http://oglobo.globo.com/rio/tcm-ve-sinais-de-fraude-em-contratos-de-upas-4516051 

6. Problemas na Educação:
6.1 Instituto Ayrton Senna e Secretaria Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro: penetração do Terceiro Setor na execução de políticas públicas e educação para o conformismo”, em:http://revista.universo.edu.br/index.php/1reta2/article/viewFile/281/172 


6.2 "Escolas da Prefeitura estão em risco de desabamento, diz sindicato", em:http://www.sidneyrezende.com/noticia/164148+escolas+da+prefeitura+estao+em+risco+de+desabamento+diz+sindicato+da+categoria 

7. Violências contra os mais pobres:
7.1 “Apóie a CPI das Remoções - Câmara Municipal do Rio de Janeiro - parte 1”, em:http://www.youtube.com/watch?v=aG4Q2xz8PKo e“Apóie a CPI das Remoções - Câmara Municipal do Rio de Janeiro - parte 2”, em:http://www.youtube.com/watch?v=MMumT40OImU
7.2 “Atingidos por remoções para eventos esportivos protestam na Prefeitura”, disponível em:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2011/12/12/atingidos-por-remocoes-para-eventos-esportivos-protestam-na-prefeitura/
7.3 “Copa 2014 e Olimpíadas 2016: pretextos para mais injustiças sociais”, em:http://carosamigos.terra.com.br/index2/index.php/artigos-e-debates/2341-os-megaeventos-e-o-direito-a-cidade
7.4 “"Choque de Ordem" de Paes segue investindo contra os trabalhadores”, em:http://www.anovademocracia.com.br/no-51/2124-qchoque-de-ordemq-de-paes-segue-investindo-contra-os-trabalhadores
7.5 ““Choque de ordem” no Rio trata pobres como lixo!”, em:http://www.trezentos.blog.br/?p=2152
7.6 “Choque de ordem contra a cultura popular”, disponível em: http://www.brasildefato.com.br/node/4585 


7.7 "Especulação urbana é projeto antigo das elites cariocas", em:http://www.revistaforum.com.br/conteudo/detalhe_noticia.php?codNoticia=9790/especulacao-urbana-e-projeto-antigo-das-elites-cariocas 

8. Ônibus:
8.1 “Câmara do Rio aprova redução no ISS para ônibus de 2% para 0,01%”, em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2010/09/camara-do-rio-aprova-reducao-no-iss-para-onibus-de-2-para-001.html
8.2 Aumentos de passagens de ônibus:
            8.2.1 Em 2009: “Prefeitura do Rio anuncia aumento da passagem para R$ 2,30”, em:http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4173663-EI8139,00-Prefeitura+do+Rio+anuncia+aumento+da+passagem+para+R.html
            8.2.2 Em 2010: “Passagem de ônibus passa a custar R$ 2,35 a partir de sábado no Rio de Janeiro”, em:http://www.sidneyrezende.com/noticia/73228
O aumento acima (8.2.1) foi concedido em Dezembro de 2009. Este segundo (8.2.2) saiu em Fevereiro, dois meses depois!
            8.2.3 Em 2011: “Passagem de ônibus no Rio sobe para R$ 2,50 em 2011”, em: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/passagem-de-onibus-no-rio-sobe-para-r-2-50-em-2011-20101215.html
            8.2.4 Em 2012: “Aumento da passagem de ônibus revolta moradores do Rio de Janeiro”, em:http://www.sidneyrezende.com/noticia/157280+aumento+da+passagem+de+onibus+revolta+moradores+do+rio+de+janeiro

9. Bueiros explosivos:
9.1 “Pedestre sofre queimaduras após explosões de três bueiros em frente ao TJ-RJ”, em:http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2012/01/04/pedestre-sofre-queimaduras-apos-explosoes-de-tres-bueiros-em-frente-ao-tj-rj.jhtm Isso depois da Prefeitura mapear bueiros potencialmente explosivos.
9.2 “Nova explosão de bueiro no Rio queima 40% do corpo de operário”, disponível em:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2011/06/19/nova-explosao-de-bueiro-no-rio-queima-40-do-corpo-de-operario-2/

10. Servidor Público:
10.1 “Promessas (não cumpridas) de Eduardo Paes aos servidores”, em: http://twitpic.com/676bfq ou aqui:http://observatoriopolitica.blogspot.com/search?updated-max=2011-04-23T18:45:00-03:00&max-results=7 Atentar para o que foi sublinhado.
10.2 “Como alguns servidores avaliam gestão de Eduardo Paes no Orkut”, aqui: http://twitpic.com/676681 e aqui:http://twitpic.com/6t0aep
10.4 “Respondendo ao prefeito em mais de 140 caracteres”, em:http://observatoriopolitica.blogspot.com/2011/08/respondendo-ao-prefeito-em-mais-de-140.htmlTambém sobre o PL 1005/11.

11. Secretariado de Eduardo Paes:
11.1 “Algumas reflexões sobre Claudia Costin, Secretária de Educação de Eduardo Paes”, em:http://observatoriopolitica.blogspot.com/2011/11/algumas-reflexoes-sobre-claudia-costin.htmlArticulista do Instituto Millenium e foi da Fundação Victor Civita, ligado ao Grupo Abril, da revista Veja.
11.2 “Perfil do Secretário de Administração, Paulo Jobim”, em:http://www.rio.rj.gov.br/web/sma/exibeconteudo?article-id=119264 Ex-Ministro de Fernando Henrique Cardoso.
11.5 “Homem-forte de Eduardo Paes é testemunha de defesa de milícia no Rio, denuncia deputado”, em:http://www.fazendomedia.com/homem-forte-de-eduardo-paes-e-testemunha-de-defesa-de-milicia-no-rio-denuncia-deputado/

12. Milícias:
12.1 “Eduardo Paes, Príncipe das Milícias”, disponível em:http://www.youtube.com/watch?v=nRBInXHeo8Y

13. Trajetória Política:
13.1 “Eduardo Paes”, em:http://pt.wikipedia.org/wiki/Eduardo_Paes Aqui consta que ele foi candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro em 2006. Além disso, mostra a quantidade de partidos políticos que já integrou. Aqui “Paes: ‘Queria ser prefeito vitalício do Rio’”, disponível em:http://odia.ig.com.br/portal/rio/html/2012/1/paes_queria_ser_prefeito_vitalicio_do_rio_215429.html Ele diz que não tem pretensão de ser governador.
13.4 “Economia e ação social”, em:http://cidadesdobrasil.com.br/cgi-cn/news.cgi?arecod=18&cl=099105100097100101098114&newcod=1017 Vejam o que ele diz do governo Lula.
13.5 “Entrevista exclusiva com Eduardo Paes”, em:http://minutopolitico.blogspot.com/2006/01/entrevista-exclusiva-com-eduardo-paes.html Notem o que ele diz sobre Lula e o governo do PT.
13.6 “Eduardo Paes: “Lula discrimina quem não votou no PT””, em:https://www2.psdb.org.br/index.php/agencia-tucana/noticias/eduardo-paes-lula-discrimina-quem-nao-votou-no-pt
13.7 “Para CPI, provas já existem”, em:http://www.sindipoldf.org.br/noticias/noticias/608Aqui Eduardo Paes chama Lula de mentiroso.
13.8 "Em festa para servidores, Paes chama ministro da Saúde de 'fanfarrão'", em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/03/em-festa-para-servidores-paes-chama-ministro-da-saude-de-fanfarrao.html 
13.9 "Eduardo Paes e Lula", em: http://www.youtube.com/watch?v=kHTEMoU1cuk&feature=related

14. Limpeza Urbana:
14.1 “Lixeiras Cariocas”, em:http://observatoriopolitica.blogspot.com/2012/01/lixeiras-cariocas.html A distribuição das lixeiras pela cidade.

15. Apoios Políticos:
15.1 “Conservadorismo, conservadores e suas simpatias por Eduardo Paes e Sérgio Cabral”, em:http://observatoriopolitica.blogspot.com/2011/11/conservadorismo-conservadores-e-sua.html  


15.2 "Rio paga R$ 19,9 mi por área de doador de Paes", em:http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,rio-paga-r-199-mi-por-area-de-doador-de-paes-,781818,0.htm 

16. Lista de Furnas:
16.1 “Os nomes e valores da Lista de Furnas”, em:http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/os-nomes-e-valores-da-lista-de-furnas Consta o nome do Eduardo Paes.
Sobre a lista de Furnas, ver “Privataria ? Você ainda não viu a Lista de Furnas”, em:http://www.conversaafiada.com.br/politica/2012/01/11/privataria-voce-ainda-nao-viu-a-lista-de-furnas/

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

“Eu vi os Racionais sacudindo a quebrada” Por Jean Mello


Crônica de quem viveu, de dentro, as festas, desabafos e sede de justiça despertadas na periferia pelos manos que rimavam como ninguém
Por Jean Mello
“Saiu o novo trabalho dos Racionais, Sobrevivendo no Inferno”, disse Esquerdinha, meu melhor amigo na época, quando me viu voltando da escola em 1997. Com uma fita K7 na mão, nem me esperou ir pra casa e guardar o material: logo ligou o som de sua casa, no último volume.
Capítulo quatro, versículo três, logo depois da fala introdutória de Mano Brown, intitulada com um nome bastante sugestivo, Gênesis. “Deus fez o mar, as águas, as crianças e o amor. O homem? Me deu a favela, o crack, a ‘trairagem’, as armas, as bebidas e as putas”. Mas, além desse som, a que mais bateu forte em minha consciência foi Fórmula Mágica da Paz.
Piramos ainda mais um ano depois quando soubemos que os ingressos para o show desse CD-Manifesto estava à venda próximo ao terminal São Mateus. Quando chegamos para comprar, uma fila gigantesca nos esperava. A juventude negra presente em massa. Uma galera cantando as letras mais fortes. Todos queriam garantir, com quase um mês de antecedência, um bom lugar na festa mais aclamada da região. Se bem que comprar antes só garantia à presença. Ficaria na frente quem chegasse primeiro no dia do show. 
Uma banca foi ao show… Cantamos todos os sons até a rouquidão chegar. Rapaziada reunida… Teve uma treta ou outra, mas esse não foi o destaque. Desabafo, gente falando contra o sistema, ainda que muitos nem entendessem o que cantavam, inclusive eu. Palco apertado para o número de gente que colou com os quatro pretos periféricos que rimavam como ninguém. Manos e minas, lado a lado, em um só coração, quando Ice Blue, pediu pra todos dizer:
“Faz frio em São Paulo, pra mim tá sempre bom… Eu ‘tô’ na rua de ‘bombeta’ e moletom… Dim, dim, dom… Rap é o som que emana do opala marrom… E ai chama o Guilherme chama o fanho… Chama o Dinho e o Di? Marquinhos, chama o Éder ‘vamo’ ai… Se os outros mano vem… Pela ordem tudo bem, melhor. Quem é quem no bilhar no dominó…”  (Capítulo 4 Versículo 3, Racionais MC´S)
Empolgação que marcou cada pessoa que ali estava. Até hoje penso que naquele momento estava participando de parte importante da história. Tanto é que esses dias, conversava com uma amiga educadora, Bergman, historiadora negra, que afirmou: “esse grupo fez história e formou várias escolas, um monte de meninos e meninas, ainda hoje, buscam inspiração neles”. Estava cercada de razão e ainda digo mais: os caras sempre compraram umas tretas, segurando o rojão, em várias fitas.
Antes de contar uma história pessoal coloquei um vídeo bastante atual que coloca em pauta não apenas uma das produções artísticas dos Racionais, mas, além de tudo, a junção histórica de pessoas diversas lutaram e lutam por justiça social.
A primeira vez que ouvi falar de Carlos Marighella foi quando comprei o famoso livro de Frei Betto, Batismo de Sangue. Resultado, devorei, grifei, recomendei aos montes… Alguns poucos amigos aceitaram minha sugestão… Depois de um tempo, fuçando uns vídeos no You Tube, encontrei o filme, inspirado no livro, na íntegra.
Mais materiais borbulham por aí, felizmente também na telinha do seu computador. Assim, quem sabe, pessoas ousadas utilizam como referência para diminuir o desânimo em algum coração que não deixa brotar a semente revolucionária.
E sem querer pagar pau pra ninguém, é o que sinto quando ouço qualquer som dos Racionais, em qualquer época. Tudo culpa de meu pai, Ronaldo Tadeu, que desde cedo me ensinou a ter bom faro para a riqueza cultural que o Brasil possui. Porém, não qualquer coisa, não qualquer discurso, o joio e o trigo muito se parecem, e não estou disposto nem a fingir que me engano. Desde um pouco antes de 1997, quando meu velho chegou em casa com um vinil de O Raio X do Brasil.
Brincando, ele tocava Fim de Semana no Parque, fazendo uma alusão aos parques que ele levava eu e meu irmão, três anos mais novo que eu, na zona sul de São Paulo. Principalmente no singelo Nabuco, ao lado da avenida Cupecê. Nem precisava de muito, uma balança, um gramado firmeza pra bater uma bola, era suficiente. Os adultos andam de mãos dadas com a ingratidão. Crianças que não estão entrelaçadas com o consumismo, não querem nada além de brincar até cansar. Dormir para acordar cedo, assim brincar até sentir vontade de dormir novamente. Ainda bem que faço parte da geração que rezava para domingo não chover.
E ainda hoje meninos brincam de ser Mano Brown, Edy Rock, Emicida, MV Bill, Ice Blue, KL Jay, etc., não apenas em serem os jogadores de futebol glorificados pela mídia. Mesmo assim, nada os impedirá de ir de frente ao drama de todos que têm a pele escura.
Sentado em frente ao computador, vendo vários vídeos do mesmo grupo que escutei fita K7 e disco bolachão. Será que estou ficando velho? Também… Só que mais que isso, percebo que os caras evoluíram demais, lutando, dando o sangue pela parada. Parece até que foi ontem que assisti eles pela primeira vez na televisão.
Tendência atual sem perder seu lado mais contestador. Lançando sons na internet… Quando os caras estavam no processo de gravação da música Marighella, muita gente já estava de antena em pé, inclusive eu. Dou uma dica para você, qualquer coisa que for fazer, faça com suas armas mais verdadeiras. As ferramentas dos caras soam com honestidade. Atual e com densidade em mandar uma mensagem histórica em poucos minutos. Veja o que a galera está curtinho atualmente…

domingo, 2 de setembro de 2012

De Lima Barreto para Eduardo Paes (via máquina do tempo): "As Enchentes"

"Suposta" carta de Lima Barreto em 1915, para o atual Prefeito do Rio sobre as chuvas que assolam a Cidade.



As Enchentes


As chuvaradas de verão, quase todos os anos, causam no nosso Rio de Janeiro, inundações desastrosas.

Praça da Bandeira década de 1940

Além da suspensão total do tráfego, com uma prejudicial interrupção das comunicações entre os vários pontos da cidade, essas inundações causam desastres pessoais lamentáveis, muitas perdas de haveres e destruição de imóveis.

1966, entrada da Leopoldina.


De há muito que a nossa engenharia municipal se devia ter compenetrado do dever de evitar tais acidentes urbanos. Uma arte tão ousada e quase tão perfeita, como é a engenharia, não deve julgar irresolvível tão simples problema. O Rio de Janeiro, da Avenida, dos squares, dos freios elétricos, não pode estar à mercê de chuvaradas, mais ou menos violentas, para viver a sua vida integral.

Imagem muito comum nas décadas de 1970 e 1980

Como está acontecendo atualmente, ele é função da chuva. Uma vergonha! Não sei nada de engenharia, mas, pelo que me dizem os entendidos, o problema não é tão difícil de resolver como parece fazerem constar os engenheiros municipais, procrastinando a solução da questão. O Prefeito Passos (Maia ou Paes), que tanto se interessou pelo embelezamento da cidade, descurou completamente de solucionar esse defeito do nosso Rio. Cidade cercada de montanhas e entre montanhas, que recebe violentamente grandes precipitações atmosféricas, o seu principal defeito a vencer era esse acidente das inundações. Infelizmente, porém, nos preocupamos muito com os aspectos externos, com as fachadas, e não com o que há de essencial nos problemas da nossa vida urbana, econômica, financeira e social.


Correio da Noite, Rio, 19-1-1915. (Toda Crônica, de Lima Barreto, Editora Agir)

Uma das mais recentes

21 Fotos das enchentes Rio de Janeiro   abril 2010
2010, e alguém viu a Prefeitura fazendo algo para mudar esse quadro?